Umbanda: Texto: Os nomes de Exu
 


Os nomes de Exus

O Exu Orixá tem muitos nomes, dependendo da função que desempe-nha.

Alguns dos mais comuns, e que são de conhecimento mais amplo são:

Esu, Bara, Ibarabo (que deu origem a Exu Marabô), Legbá, Elegbara, Eleggua, Akéssan, Igèlú, Yangí, Ònan, Lállú (que deu origem ao Exu de mesmo nome na Umbanda), Ijèlú.

Como este é um culto típico do Candomblé - nas mais diversas nações - reservamos-nos o direito de apresentar os nomes apenas a título de curiosidade.

Já os Exus de Umbanda
possuem nomes mais distintos

Existem registros histórico-religiosos documentado as seguintes enti-dades:

Exu Arranca Toco, Exu Asa Negra, Exu Bará, Exu Belzebu, Exu Brasa, Exu Brasinha, Exu Calunga, Exu Calunguinha, Exu Capa Preta, Exu Capa Preta da Encruzilhada, Exu Capa Preta das Almas, Exu Capa Preta das 7 Encruzilhadas, Exu Capoeira, Exu Carranca, Exu Carango-la, Exu Cascavel, Exu Catacumba, Exu Caveira, Exu do Cemitério, Exu Corta-Corta, Exu Cobra, Exu Corcunda, Exu Corrente, Exu Curador, Exu Desmancha Tudo, Exu Destranca Rua, Exu Duas Cabeças, Exu do Fogo, Exu Mangueira, Exu Maré, Exu Facada, Exu Ganga, Exu Gar-galhada, Exu Gato Preto, Exu Gira Mundo, Exu João Caveira, Exu da Campina, Exu da Morte, Exu do Lodo, Exu do Tronco, Exu Lalu, Exu Lorde da Morte, Exu Lúcifer, Exu Malê, Exu Mangueira, Exu Marabá, Exu Marabô, Exu Marabô Toquinho, Exu Maré, Exu Matança, Exu das Matas, Exu Meia Noite, Exu Morcego, Exu Mulambo, Exu Pagão, Exu Pedra Preta, Exu Pemba, Exu Pimenta, Exu Pinga-Fogo, Exu Pirata do Mar, Exu Poeira, Exu Ponto Maioral, Exu Porteira, Exu Quebra-Bar-ranco, Exu Quebra Galho, Exu Quirombô, Exu Rei, Exu Rei das 7 En-cruzilhadas, Exu Rei das Trevas, Exu do Rio, Exu Serapião, Exu Sete Brasas, Exu Sete Buracos, Exu Sete Caminhos, Exu Sete Campas, Exu Sete Catacumbas, Exu Sete Caveiras, Exu Sete Corvas, Exu Sete Cru-zes, Exu Sete Encruzilhadas, Exu Sete Estradas, Exu Sete Facadas, Exu Sete Garfos, Exu Sete da Lira, Exu Sete Montanhas, Exu Sete Pedras, Exu Sete Poeiras, Exu Sete Portas, Exu Sete Porteiras, Exu Sete Queimadas, Exu Sete Sombras, Exu Tatá Caveira, Exu Tiriri, Exu Tira-Teima, Exu Toco-Preto, Exu Toquinho, Exu Tranca-Gira, Exu Tranca-Rua, Exu Tranca-Rua das Almas, Exu Tranca-Rua de Embaré, Exu Tranca-Rua das 7 Encruzilhadas, Exu Tranca-Rua da Encruzilhada, Exu Tranca-Rua das Matas, Exu Tranca-Rua do Mar, Exu Tranca Tudo, Exu Tronqueira, Exu Veludinho, Exu Veludo, Exu Veludo da Encruzi-lhada, Exu Veludo da Mata, Exu Veludo das Almas, Exu Veludo das Sete Encruzilhadas, Exu dos Ventos, Exu Ventania, Exu Vira-Mundo.

Na lista de nomes, alguns deles aparecem em destaque.

Isso porque são de Exus que podem se apresentar sob regência de diversos elementos e, para isso, acrescentam ao seu nome original um título: das Almas, da Encruzilhada, das Sete Encruzilhadas, das Matas, do Mar, de Embaré (embaré, em tupi antigo, significa “águas que curam”).

Em geral, somente Exus muito evoluídos e que, de alguma forma, res-pondem diretamente a Orixás ou ao próprio Exu Orixá, dispõe desse tipo de classificação.

Eles são os arquétipos dos mensageiros.

O nome que acrescentam ao seu título está relacionado a sua regên-cia.

Exu Das Almas

Regência de Omolu ou Nanã, tem a ver com cemitério, morte (tanto no sentido físico como no sentido figurativo de recomeço e renova-ção), saúde, etc.

Exu Das Sete Encruzilhadas

Regências de Ogum, Oxossi ou Exu Orixá, relaciona-se com demandas, caminhos, metas e objetivos profissio-nais e materiais.

Exu Das Matas

Regência de Ossaim e Oxossi, tem a ver com prosperidade, fartura, trabalho.

Exu Do Mar ou da Calunga

Regências de Oxum e Yemanjá - embora um Exu ser regido por um Ori-xá feminino seja mais raro, não é impossível, relaciona-se com família, espiritualidade, fertilidade, criatividade.

Exu De Embaré

Regências de Oxalá e, embora o significado da palavra tenha a ver com “águas que curam” no tupi antigo, relaciona-se com Exus Mirins.

Fonte: Esquerda na Umbanda
Site: povodeesquerda07.blogspot.com/2017/05/os-nomes-de-exu.html

Pub 2016

Se desejar conhecer mais sobre
a Umbanda clique em
Voltar