Umbanda: Texto: Mitos e verdades sobre essa linhagem
 


Mitos e verdades sobre essa linhagem

Um Orixá trabalhador, defensor e conhecido como o mensageiro.

Seu nome tem origem Yorubá, na palavra Esú, que quer dizer “esfe-ra”.

Assim, a energia dele é capaz de se manifestar de forma espiralada.

Já sabe de quem estou falando?

Só mais uma dica, é também o Guardião dos terreiros.

Descobriu?

Pelas características citadas, é claro que estou falando de Exu na Umbanda.

Muitas pessoas que não conhecem a religião, costumam confundir es-te Orixá com o do Candomblé.

Mas mesmo que ambos não sejam a mesma entidade, eles possuem a mesma função.

Defender a porteira dos terreiros e das casas dos médiuns.

Só que o Exu na Umbanda quando convocados, são para proteger a Casa e fazer o despache de espíritos zombeteiros e eguns.

Você sabe quantos Orixás existem?

Confira esse texto agora e tenha essa informação.

O Exu na Umbanda é do mal?

Essa é uma das dúvidas mais recorrentes para aquelas pessoas que não conhecem a religião.

Isso ocorre por conta do cruel sincretismo feito por outras crenças as-sociando o Exu aos demônios.

Assim, as pessoas acabam criando um preconceito contra esse Orixá, achando que ele só vem para fazer trabalhos maldosos.

E isso não é verdade.

O Exu na Umbanda corresponde à vibração energética de um espírito que já conheceu as profundezas do mal e do apego à matéria e agora decidiu trabalhar apenas para a Luz.

Sendo assim, nada mais indicado que um Exu para cuidar das ques-tões cármicas mais sérias e materiais dos homens e para protegê-los daqueles que ainda não decidiram caminhar para o bem e para a luz.

O porquê das cores preto e vermelho para o Exu na Umbanda.

As gargalhadas assustadoras e as mudanças faciais, podem assustar aqueles que não estão familiarizados com a força do Exu na Umban-da.

Porém, como tudo nessa religião, há um propósito oculto para isso.

Como esses Orixás são os guardiões e os protetores dos médiuns, por-tanto, precisam afastar e espantar o mal.

Da mesma forma, conhecem a vibração dos espíritos mais baixos e es-sa é o mecanismo que tem para afastá-los, demarcando território com risadas, tridentes, passadas bruscas e palavrões.

A conduta do Exu vai depender de doutrinamento e das exigências do dirigente da Casa.

Conheça o dia de cada Orixá e saiba quando fazer a melhor oferenda.

Então, o Exu na Umbanda faz trabalho para o mal?

Os Exus são os Senhores do Karma.

Conhecem o bem e o mal de perto e ainda vibram em uma frequência próxima à matéria, sendo os primeiros a nos ajudar com questões ma-teriais.

Portanto, é possível que exista Exu na Umbanda que não-doutrinados e que podem fazer o Mal.

Porém, muitas vezes não é nem porque querem, e sim porque obede-cem fielmente a lei do Karma.

Se uma ação tem início na mente maldosa de um médium, quem seria esse Orixá para desvirtuá-lo de seu Karma?

Um Exu na Umbanda é sempre honesto e costuma deixar bem claro para o consulente a responsabilidade por suas escolhas e ações.

Veja agora tudo sobre a Umbanda e entenda melhor sobre essa religi-ão.

Os nomes do Exu na Umbanda e seus costumes

Exu na Umbanda que são homens, como Exu Caveira, Exu Veludo, Tranca Rua, Exu Tiriri, Exu Marabô e também as Exus mulheres como a Maria Padilha, a Maria Molambo, a Pombagira Cigana, dentre ou-tras.

Muitos são vaidosos e gostam de receber presentes, mas muitas des-sas exigências podem ser apenas da cabeça do médium.

Por isso, é importante ter giras de desenvolvimento dessa energia e oferecer os padês necessários para a firmeza dos médiuns e da casa.

Assim, é neles que os Exus buscam forças para exercer o seu traba-lho.

Fonte: Site Astrocentro (www.astrocentro.com.br/blog/umbanda/exu-na-umbanda)

Pub 2016

Se desejar conhecer mais sobre
a Umbanda clique em
Voltar