Umbanda: Texto: História de Tranca-Ruas
 


História de Tranca-Ruas

Senhor do mundo espiritual onde está sua origem e sua morada.

Senhor dos caminhos, mensageiro dos Orixás e vencedor de deman-das.

Na Umbanda, Exu Tranca-Ruas não é considerado como umDeus”, mas como uma Entidade em evolução que busca, através da caridade, a evolução de si mesmo.

Não é uma peculiaridade só dos Exus, mas de todos os espíritos no in-finito cosmo espiritual.

Não existe espírito evoluído, como se fosse um produto acabado.

Todos os espíritos, independente da forma, estão em eterna evolu-ção, partindo do pressuposto que só existe um ser plenamente per-feito, um modelo de absoluta perfeição, o próprio Absoluto, Deus.

Em síntese, O grande agente Mágico do Equilíbrio Universal.

É o Guardião dos Caminhos, companheiro dos Pretos Velhos, Cabo-clos, aparador entre os homens e os Orixás, lutador incansável, sem-pre de frente, sem medo, sem mandar recado.

Senhor da escuridão e do plano negativo atuam dentro de seus misté-rios, regendo seus domínios e os caminhos por onde percorre a huma-nidade.

Senhor Tranca-Ruas tem o poder de fechar e abrir os caminhos para o ser humano e também de ter as almas perdidas sem luz como escravos para prestar-lhe reverencias e fazer o que ele ordenar.

Este é um dos motivos pelo qual ele foi enviado aqui no plano físico, para pegar as almas perdidas e formar uma hierarquia para que essas almas perdidas fossem transformadas em seu exército, e desta forma encontrem o caminho novamente para a luz através dele mesmo, po-dendo assim vigiar e manter esses espíritos sem luz afastados dos seres humanos que ora estão encarnados.

Seu vestuário é cartola sofisticada de época, sua capa varia nas cores azul turquesa, roxo e negro tendo contrastes em vermelho decorada de safira de preferência amarelo dourada que simboliza sua riqueza e a presença de seu reino.

É extremamente educado e fino, poderoso e radical.

Transita além dos limites da bondade e da maldade.

Sendo um mensageiro de Orixá, ele profundamente se identifica com os seres humanos.

Guardião das casas, das vilas, das pessoas.

Exu não tem nada haver com demônios, pois ele é a própria alegria da vida.

O Mestre Tranca-Ruas (O Guardião dos Caminhos), não é demônio que muitos acreditam que ele seja.

Sua atribuição é trancar a evolução dos desqualificados, desequilibra-dos e desvirtuados espíritos humanos.

Não deseja ser amado ou odiado, mas apenas respeitado e compreen-dido.

Para os mal informados que julgam e condenam essa maravilhosa En-tidade, sem reconhecer a verdadeira essência e trabalho feito, abai-xo um pequeno texto mostrando só para entendimento de quem desejar realmente perceber a magnitude do tão estimado Senhor Tranca-Ruas.

O Guardião Tranca-Ruas pode ser tudo o que queiram, menos como tentam mostrar: Um demônio.

Jamais foi ou é o que este termo deturpado significa na atualidade e nem o aceita como qualificativo das suas atribuições: Trancar a evo-lução dos desqualificados, desequilibrados e desvirtuados espíritos humanos.

Odeia os que odeiam, sente asco dos blasfemos, nojo dos invejosos, repulsa pelos falsos, ira pelos soberbos e pena dos libidinosos.

Assim é Tranca-Ruas, por Origem, Natureza e Formação, um Exu de força consistente, que vem na terra fazer a caridade, ajudar os afli-tos e obsediados, derrubar magias negras, proteger seus filhos queri-dos, ensinar o caminho da evolução.

Senhor Tranca-Ruas, Senhor do Sétimo Grau de Evolução da Lei Maior de Ogum, conhecedor de todas as magias e demandas praticadas por seres sem luz, interceda no caminho de todos os filhos de fé, livran-do-nos de toda a energia que possa atrapalhar a evolução de todos os seres iluminados; fazei de meus pensamentos uma porta fechada para a inveja, discórdia e egoísmo.

Dos sete caminhos por ti ultrapassados, foi na rua que passou a ser dono de direito, abrindo as portas para os espíritos que merecem ajuda e evolução e fechando para os que querem praticar a maldade e a inveja contra seus semelhantes.

Fazei dos nossos corações o mais puro que nossos próprios atos.

Senhor Tranca-Ruas agradecemos por tudo que fizeste nos aprender nesta vida e em outras que passamos lado a lado, rogo por vós a pro-teção, para os irmãos de fé, para toda a família e porque não para todos os inimigos.

Abençoe e guarde esses filhos que um dia entenderão o verdadeiro sentido da palavra Umbanda.

Muito grande, muito forte, Seu Tranca-Ruas vem trazendo a sorte!

Saravá,

Senhor Exu Tranca-Ruas,

Guardião dos Caminhos!!!

Fonte: Site: eustaquio.com.br/curiosidades/quem-e-exu-tran-ruas/

Pub 2019

Se desejar conhecer mais sobre
a Umbanda clique em
Voltar