Umbanda: Texto: Na época em que Oxum
 


Na época em que Oxum

Na época em que Oxum, Oyá e Obá viviam no reino de Xangô, havia uma grande guerra.

Xangô convocou as três esposas para irem com ele guerrear.

Oyá e Obá disseram a Xangô que Oxum não sabia guerrear, então Xangô disse:

“Oxum, tu deverás aprender a guerrear para se proteger caso o palá-cio seja invadido pelos inimigos.”

Oxum então respondeu:

“Podem ir vocês, eu cuidarei do palácio, Xangô.”

Obá enfurecida retrucou:

“Como tu, Oxum, cuidarás do reino, se só sabes se embelezar?”

E Oyá disse:

“Iremos e os escravos tomarão conta dela.”

Oxum ficou sozinha com as escravas no palácio, e em uma noite, uma escrava lhe avisou assustada:

“Oxum, minha rainha, o palácio está sendo invadido!!!”

Oxum, calma em seu trono, disse à escrava:

“Mandem entrar e sirvam a melhor comida e bebida. Eu os receberei.”

As escravas fizeram conforme Oxum havia mandado.

Os inimigos de Xangô estranharam, mas entraram e se serviram, e Oxum, calmamente, sentada em seu trono, disse:

“Xangô fugiu junto às suas duas outras esposas, me abandonando pa-ra trás.

Fiquei sozinha.

Vão, se sirvam!

Mandei preparar este banquete para vós.”

No outro dia, Xangô, Obá e Oyá receberam a notícia de que Oxum es-tava em perigo e voltaram às pressas.

Chegando no palácio, estranharam o silêncio e viram todos os solda-dos dormindo.

Oxum explicou:

“Está vendo, Xangô?

Não precisei levantar a espada e nem usar a força, mandei servir a melhor comida e todos comeram.

Coloquei esta poção nos pratos e matei todos, sem levantar a mão.

Não se espanta o inimigo, mas se agrada.

Com a própria raiva dele, ele cai sozinho.”

Oxum é calma por fora mas é uma tempestade por dentro.

Pub 2019

Oxum - Texto: Apresentação

Oxum (Complemento) - Texto: Apresentação
Quando estou no altar - Texto
Imagens
Orações
Pontos
Vídeos

Se desejar conhecer mais sobre
a Umbanda clique em
Voltar