Umbanda: Texto: Carta de Obaluaê para os seus filhos
 


Carta de Obaluaê para os seus filhos

Oi filha(o), já começo contando um pouco de minha história.

Fui abandonado pela minha mãe a beira mar, e uma linda mulher me pegou, me criou, e cuidou de minhas feridas, essa linda mulher é Ye-manjá .

A qual me guardou com muito amor.

Fui tão bem cuidado, tão bem amado, tão bem recebido, que tive a sabedoria suficiente para entender os motivos de minha mãe Nanã ter me deixado, e hoje com muito amor, e respeito, danço em frente a quem um dia desesperada me deixou a beira mar.

Aí tu te perguntas: “Mas por quê começar a carta contando um pou-co de sua história, pai?”.

Porque a parte da minha história e você, tem tudo haver.

Porque de minha história, deixo uma grande lição...

O perdão.

Perdoar filha(o) aquela pessoa que te fez mal.

Perdoar filha(o) aquela pessoa que faltou contigo algum dia.

Perdoar filha(o), porque você também precisa de perdão.

Eu sei que você guarda muitas coisas em teu coração, as mágoas, as dores de quem um dia tanto te magoou, mas faça igual o seu pai, perdoe.

Tudo tem motivo, minha filha(o), e se você foi traída(o), passada(o) para trás, ou qualquer coisa do tipo, é porque você tinha que apren-der algo disso tudo.

Então perdoe.

Eu sou teu pai, teu “velho”, como você me chama carinhosamente (risos), e estarei sempre te ajudando nessa vida carnal e espiritual, estarei sempre te orientando a fazer o melhor, e minha energia sem-pre estará espalhada em tudo que você fizer, e você sentirá que es-tou ali, pois eu sempre mostrarei de alguma forma.

Mas não guarde rancor, mágoas em seu coração.

Seu coração é puro, sincero, não perca isso.

Ah... e mais uma coisa, não tenha medo de nada nessa vida carnal.

Eu sou teu pai, eu te guio, te vigio, te cuido, e se tiver que fazer jus-tiça, eu farei.

Se você errar, eu vou te ajudar a levantar.

Mas se te derrubarem, eu vou cobrar.

Eu sou o senhor da vida, senhor da morte.

Te escondo, te protejo, e te cuido debaixo de minhas palhas.

E com meu silêncio, deixo seu inimigo mudo.

Continue sua caminhada, pois eu estou contigo até o fim.

Pub 2018

Obaluaê - Texto: Apresentação
Imagens
Orações
Pontos
Vídeos

Se desejar conhecer mais sobre
a Umbanda clique em
Voltar