Umbanda: Texto: Oxalá engana Nanã sobre a morte
 


Oxalá engana Nanã sobre a morte

Vou contar agora a lenda do Orixá Oxalá, que enganou sua esposa Nanã, para adquirir os conhecimentos sobre o portal do mundo dos vi-vos e o dos mortos.

A Orixá Nanã era senhora do portal da vida e da morte.

Por determinação da própria Orixá Nanã, somente os seres femininos tinham acesso ao portal, e não era permitido aproximação de nenhum ser masculino, sob nenhum pretexto.

Oxalá não se conforma com as proibições

Essa proibição aplicava-se também a Oxalá, seu esposo, que com o pas-sar do tempo não se conformava com esta decisão.

Oxalá sentia-se ofendido com a proibição, não só por ser o marido de Nanã e não compartilhar com ela os mesmo direitos; como isso des-merecia sua importância no panteão dos Orixás.

Indignado com tudo aquilo; Oxalá pensou bastante até que encontrou uma forma de burlar as proibições de sua severa esposa.

Oxalá engana Nanã e veste-se de mulher

Com vestes na cor branca, Oxalá vestiu-se como uma mulher.

Ele colocou o adê (coroa) com os chorões no rosto, próprio das Yabás e aproximou-se no portal da vida e da morte, satisfazendo enfim sua curiosidade.

Mas a Orixá Nanã não é boba nada, e estava atenta a seu portal.

Ela surpreendeu Oxalá, no exato momento em que ele tentava atra-vessar para o outro lado da dimensão dos mortos.

Então; Nanã proclamou.

Já que meu marido vestiu-se de mulher para desvendar um segredo tão importante, eu vou compartilhar esse mistério com ele.

Oxalá – “Senhor do princípio do fim”

De hoje em diante, Oxalá passa ter a incumbência de ser o princípio do fim para todos os seres humanos.

Oxalá tocará o seu paxorô três vezes ao solo para determinar o fim de um ser.

Porém; Oxalá sempre usará vestes femininas e, daqui para frente te-rá todas as oferendas fêmeas!

Por esta razão; Oxalá passou a comer de forma diferente dos demais Orixás masculinos.

Até hoje, é servido a Oxalá cabras e galinhas, como as Yabás, as Ori-xás femininas.

E Oxalá jamais desfez das vestes de mulher, mas em compensação; transformou-se no “Senhor do princípio da morte” e conheceu dela todos os seus segredos.


Fonte: Site Raízes Espirituais:
https://www.raizespirituais.com.br/orixas/nana/

Pub 2019

Se desejar conhecer mais sobre
a Umbanda clique em
Voltar