Umbanda: Texto: Malandros na Umbanda
 


Quem são esses Guias Espirituais?

Os Malandros na Umbanda são consagrados pela energia dos excluí-dos, daqueles que sofreram preconceito e viveram à margem da soci-edade.

Muitos brasileiros se identificam com essas entidades por sentirem na pele as limitações sociais que eles viveram.

Saiba mais sobre eles.

A Entidade da Malandragem

Os malandros foram pessoas que viveram a alegria da forma como pu-deram.

Apesar de enfrentar uma vida de muitas adversidades, mantinham sempre um sorriso no rosto como forma de afastar as tristezas.

Como só a alegria não enche barriga, os malandros encontravam ma-neiras pouco consagradas de ganhar a vida.

Apesar disso, ao desencarnar, esses espíritos ganharam força pela sua fé e devoção no Divino.

Eles alcançaram um grau de espiritualidade muito elevado ao com-preenderem melhor a forma de enxergar a vida.

A partir de então, se dispuseram a auxiliar aqueles que se encontram perdidos no nosso plano, sendo então respeitados e admirados nos Terreiros de Umbanda.

A Linha dos Malandros

Uma linha muito especial de regência mista.

Essa é uma linha considerada muito especial pois mostra como o Divi-no aceita, perdoa e eleva aqueles que se arrependem se seus atos ne-gativos em plano físico, reforçam sua fé e buscam o conhecimento.

Especialmente porque os malandros dedicam-se exaustivamente a mostrar à sociedade que o preconceito não tem nenhum valor.

Os malandros são os grandes professores da Gira.

Eles utilizam de toda a sua malemolência e ginga malandra para erra-dicar o mau humor e encarar as adversidades com leveza.

Os malandros atuam na vibração
da força de Ogum

Pois são entidades da estrada – e também aparecem sob a regência de Exú na esquerda – como o famoso Zé Pilintra.

Eles ainda podem se apresentar na cura, regidos por Oxalá, onde apa-recem sem chapéu e com fitinha branca.

A atuação dos Malandros no Terreiro

A atuação desses guias na Umbanda é ampla.

Eles são especialistas em curas, em desfazer magias ruins, em abrir caminhos e em trabalhos de proteção.

Apesar de seu jeito descontraído e sorridente, é preciso levar essas entidades à sério assim como qualquer outra, pois são seres da Luz mais elevados espiritualmente do que nós.

As características dos Malandros na Umbanda

Os malandros são entidades muito justas e que jamais toleram menti-ras.

Se alguém os tenta enganar, pode se preparar para ser desmascarado à frente de todos.

Gostam de se vestir de forma elegante, estar sempre com seu cigar-ro, com camisas de seda ou listrada, seu chapéu Panamá e seus sapatos brancos ou bicolor.

Eles buscam limpar a energia negativa do ambiente com movimentos que se assemelham à dança.

O atendimento é quase sempre alegre, com um sorriso no rosto de quem perdeu o medo da dor.

Para receber o passe dessas entidades, é preciso ter espírito sincero e peito aberto, pois o único mal dos malandros é amar demais a todos.

Frases dos Malandros na Umbanda

As frases de Malandro são muito conhecidas pelo seu bom humor e são especialmente famosas quando se trata de Zé Pelintra.

Mas há também outras frases de malandros, como as que estão abai-xo:

Malandro não pode se intimidar se o destino o derruba, mesmo sem ajuda, tem que se levantar.

Cuidado moço, quem tanto tenta derrubar os outros um dia cai e não levanta mais.

Não desista enquanto você for capaz de fazer um esforço a mais. É nesse algo a mais que está a vitória.

Nomes de Malandros na Umbanda

Nomes masculinos: Zé Pilintra, Zé da Luz, Zé Malandro, Camisa Preta, Zé do Coco, Sete Navalhas, entre outros.

Oferendas aos Malandros

Os malandros gostam de receber suas oferendas em encruzilhadas, morros de favela e pés de coqueiro.

Apreciam rapadura, carne seca com abóbora, cocada, doce de abóbo-ra, farofa de milho, fumo de rolo e cerveja branca gelada.

Gosta também de diversas frutas frescas da estação.

Pontos dos Malandros na Umbanda

01

Tem um flagrante no morro
A polícia vem aí
Malandro que é malandro
Se escondeu lá na figueira
Olha ele aí, olha ele aí.

02

Vocês estão vendo
Aquela casa pequenina
Lá no alto da colina
É uma casa que tem amor
Aonde mora Zé Pilintra.

Acima de tudo, a Linha dos Malandros na Umbanda nos ensinam como ver a vida com alegria e compreensão.

Ensinam a ter sabedoria para entender que não estamos aqui à toa, mas sim para crescermos com as dificuldades e evoluirmos.

Eles nos aceitam, entendem e aconselham, sempre com um sorriso no rosto e sua malemolência.

Fonte:
https://www.wemystic.com.br/artigos/malandros-umbanda-guias-espirituais/


Pub 2019

Malandros - Texto: Apresentação

Quem são os Malandros - Texto
Como a falange de Malandros - Texto
Orações

Se desejar conhecer mais sobre
a Umbanda clique em
Voltar