Juras de Amor - Daniel Heldt

Entre amantes
Juras de amor
Nunca são redundantes

Daniel Heldt

Juras de Amor - Denise Severgnini


Entre eu e tu, vocábulos brotam,
Amantes nós...Eles, cúmplices desta afeição.
Juras, promessas atemporais cumpridas,
De felicidade mútua...
Amor combustível...Chamas que provocam...
Nunca canso, digo-te sempre desta paixão...
São palavras minhas, presentes teus...
Redundantes? Não! Confirmatórias...Eu te amo!

Denise Severgnini
Novo Hamburgo - RS

Anterior Duetos Menu Principal