Vem cá meu bem - Beatriz por um triz* e Jorge Linhaça

Beatriz
Jorge Linhaça

Vem cá meu bem
Não se assuste com o visual
afinal nem todo mundo tem
um estilo tão sensual

Vou sim minha amada
nesta poesia arretada
mas não fique assustada
com minha descrição detalhada

Tá certo, estou meio gordinha
com barriga de avental
mas se me der uma chance
pode lhe ser fatal

Então estamos empatados
minha barriga ta igual
mas a quem diga que se trata
de calinho sexual


Vai ser danado de bom
esse nosso entrelace
desde que você não amasse
minha peruca de kanekalom

Isso não te prometo
pois na hora do vamos ver
se é peruca ou cabelo
nem vou lembrar ou saber


Sou alegria pura
e posso beijar a valer
se a minha dentadura
não lhe puser a correr

Beijar é bom demais
e não importa a dentadura
nem os dentes que me faltam
o que vale é a ternura


Vem cá meu bem
não fique desanimado
afinal são só vinte e seis varizes
Treze de cada lado

Mas olha que perda de tempo
as varizes ficar contando
o que vale é o encantamento
no qual vamos nos esbaldando


Vem cá meu bem
encare a estria como tatuagem
pode parecer bobagem
mas sou tudo o que lhe convêm

Estrias e celulite
fazem parte de toda mulher
que já passou dos vinte
e que sabe bem o que quer


olha pra mim neném..........
Já to olhando meu bem......

Beatriz por um triz*
São Paulo - SP

Jorge Linhaça
Arandú - SP

Anterior Próxima Duetos Menu Principal