Poetisa Denise de Souza Severgnini
 
 

Fundo Musical: Vincent - Don Mclean


Obs.: A Poetisa Denise de Souza Severgnini faleceu no dia
8 de janeiro de 2012, em Novo Hamburgo - RS.

Apresentação

Nome: Denise de Souza Severgnini

            Nasci menina, sapeca desde pequena
            Numa cidade, época serena, Porto Alegre
            Numa manhã de março, aos dezenove do mês
            Ao meu pai, causei embaraço, ele esperava menino
            Enganei o destino, guria e poetisa, eu nasci
            Nos pagos do meu Rio Grande, cresci, estudei
            Já mocinha, na UFRGS, em Biologia, eu me formei
            Hoje, com muito orgulho, professora, eu sou
            E desempenho, com amor, a profissão, que Deus
            Felizmente, me presenteou
            Nas encruzilhadas da vida, encontrei o amor
            Na figura de alguém que amigo sempre foi
            Meu querido, marido Márcio, companheiro
            Para seja lá o que for
            Pouco mais tenho a dizer
            A paixão dos meus dias é poesias escrever

Denise Severgnini
Novo Hamburgo - RS
 

 
Leia as Poesias